Vai financiar um imóvel? Dicas e Documentação AQUI
17557
post-template-default,single,single-post,postid-17557,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-9.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Vai financiar um imóvel? Dicas e Documentação AQUI

Apesar de ser mais complexo que o financiamento de automóveis, não podemos negar que o financiamento de imóveis é uma das melhores opções para quem deseja conquistar uma casa em condomínio , por exemplo.

Seja diretamente com a construtora ou através de instituição financeira, antes de assinar o contrato e adquirir sua carta de crédito é necessário entender que o processo de amortização dos juros e quitação das parcelas é longo, comprometendo parte significativa da sua renda por vários anos.

Ter pleno controle da sua situação financeira, conhecer os valores das parcelas, programar a entrada, controlar suas dívidas e estar preparado para imprevistos são imprescindíveis para garantir a responsabilidade  a ser assumida.

O financiamento é um grande aliado na hora de comprar um apartamento  , casa ou terreno.

E para consegui-lo é necessário passar por algumas etapas, como apresentação dos documentos necessários para a entrada no pedido de financiamento.

Certamente esta é a fase mais impostante, pois garante à instituição financeira que o interessado terá condições de pagar pelo financiamento e que o próprio imóvel poderá ter seu valor dividido em parcelas.

Há diversos documentos exigidos na contratação de um financiamento de imóveis, sendo que, primeiramente, é necessário apresentar a documentação de crédito para aprovação da instituição financeira.

Após a aprovação do crédito, é necessário entregar à instituição financeira a documentação do imóvel para saber se este pode ou não ser financiado.

E, por fim, deve-se entregar a documentação dos atuais proprietários do imóvel para garantir que tudo esteja em ordem com o bem em questão.

Está pensando em fazer um financiamento para comprar aquele apê tão sonhado? Confira abaixo informações sobre o processo e a documentação necessária para você fechar negócio!

Como são realizados os Financiamentos Imobiliários?

Os financiamentos de imóveis podem ser realizados em instituições financeiras públicas ou privadas por meio de programas de governo como o Minha Casa Minha Vida.

Além disso, é possível conseguir crédito pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) e o pró-cotista do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Em cada modalidade há requisitos a serem preenchidos pelos solicitantes, tal qual um financiamento de automóvel.

No programa Minha Casa Minha Vida, por exemplo, existem faixas de renda que limitam o valor máximo para o financiamento do imóvel.

Já no pró-cotista, o interessado deve ter, pelo menos, três anos de trabalho consecutivos sob o regime do FGTS.

Cabe ressaltar que, antes de liberar qualquer valor para um financiamento, as instituições financeiras seguem algumas etapas básicas. São elas:

– recebimento da documentação solicitada;
– análise de crédito;
– avaliação do imóvel;
– assinatura de contrato;
– registro do imóvel no cartório competente.

Documentação exigida pela Caixa Econômica Federal – CEF

A lista de documentos exigidos pela Caixa Econômica Federal são: RG, CPF, comprovante de endereço, comprovante de estado civil e comprovante de renda original, conforme o caso.

Em relação aos assalariados, é preciso apresentar a “holerite”.

Quanto aos profissionais autônomos, é necessário entregar à instituição financeira: contrato de prestação de serviços, declaração do Imposto de Renda, declaração do sindicato da categoria, recibo de recebimento de trabalhos prestados ou a declaração comprobatória de recepção de rendimentos (Decore) realizada por um contador.

Para os trabalhadores informais ou aqueles que não tenham conta em instituições financeiras é necessário: certidão conjunta negativa de débitos relativos a tributos federais e dívida ativa da união, certidão negativa de propriedade do imóvel, caso o financiamento utilize recursos do FGTS ou o Plano Minha Casa, Minha Vida.

Assim como nos demais financiamentos, a instituição financeira também poderá realizar análise cadastral dos solicitantes.

Logo, se o futuro comprador estiver com o nome negativado em algum dos Órgãos de Proteção ao Crédito, o financiamento não será aprovado.

Dicas para quem pretende vender um imóvel

O vendedor precisa estar atento ao seu estado civil, pois caso seja casado ou esteja em uma relação estável, seu cônjuge deve apresentar documentos que comprovem que este está ciente e concorda com a venda.

Se o imóvel for bem comum, ambos devem apresentar a documentação já referida. Cada caso é analisado individualmente e um bom profissional pode te ajudar nisso!

Financiar um imóvel exige muita atenção em cada processo/etapa. Planeje-se com antecedência e busque todas as informações necessárias para fazer o melhor negócio.

Dicas para quem pretende comprar um imóvel

Antes de buscar a instituição financeira que você deseja, é fundamental verificar a documentação que será exigida durante o processo.

Cada instituição financeira e cada tipo de financiamento disponível no mercado costuma ter exigências específicas.

É aconselhável, portanto, pesquisar de forma detalhada cada item da lista do financiamento pretendido, para ter certeza que você está apto a cumprir com os requisitos exigidos.

Sempre lembrando que a falta de qualquer documento poderá inviabilizar o seu financiamento.

Este artigo foi útil para você? Deixe seu comentário e compartilhe nas suas redes sociais!

E, cadastre-se em nosso blog para receber gratuitamente conteúdos e atualizações.

 

Redação Chaves na Mão –  mktdigital@chavesnamao.com.br

simonegoncalves
contato@simonegoncalves.com.br

Comentários