Por que é importante você conhecer o Código do seu Banco?
17292
post-template-default,single,single-post,postid-17292,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-9.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Por que é importante você conhecer o Código do seu Banco?

O crescimento da inclusão financeira em nosso país fez com que a maioria das cidades brasileiras disponibilizem algum tipo de acesso a serviços financeiros.

São tantas as opções de instituições que fica até difícil escolher em qual vamos ser clientes.

A desburocratização de exigências aos clientes facilita cada vez mais a abertura de contas, as chamadas “contas simplificadas”.

Sabe-se que para pegar empréstimos, controlar finanças, ter acesso a créditos e outras facilidades oferecidas pelas instituições é indispensável ser cliente.

Assim, independente do serviço desejado, você irá assinar um contrato!

No Brasil cada banco tem um código de identificação único chamado código de compensação.

Por que você deve conhecer o Código do seu Banco?

 A globalização dos serviços financeiros é uma realidade. E dentre os fatores que muito contribuíram para o avanço destes serviços estão:

– o crescimento da rede de correspondentes bancários;

– acesso simplificado as operações bancárias básicas;

– campanhas de expansão de linhas de crédito, dentre outros.

Com os avanços nas facilidades de acesso aos seus serviços, as instituições conquistam milhões de novos correntistas ano a ano.

Desse modo, todas as instituições bancárias que são autorizadas a funcionarem no Brasil têm um código identificador próprio.

É através destes códigos que é possível identificar cada instituição existente no país.

Os códigos são estabelecidos pelo Banco Central do Brasil – BACEN e utilizados para fins de compensação de cheques, dentre outras operações que ocorrem entre os próprios bancos. Saiba os Códigos aqui

Quando disponibilizado o código identificador para uma instituição, este não mudará e valerá para todas as agências e locais onde o banco tiver operações.

E, como cada instituição atende a diferentes perfis de clientes, muitas vezes é inevitável utilizar mais de um banco para atender à todas nossas necessidades.

Assim, com tamanha abrangência das instituições financeiras, bem como a disponibilização de diversos produtos/serviços, é imprescindível saber o código do seu banco.

Veja que, o código de um banco corresponde ao código de compensação deste banco!

Logo, trata-se de um número único que identifica a instituição dentre as demais.

Por isso, não devemos confundir o número do código do banco com o número da agência, uma vez que um mesmo banco possui várias agências.

Na prática: código do banco e número da agência tratam-se de informações distintas.

A FEBRABAN também disponibiliza o nome das instituições associadas e a relação dos códigos de compensação. Veja aqui

Importante: Os dois bancos públicos brasileiros que operam no país tem os códigos 001 para Banco do Brasil – BB  e 104 para Caixa Econômica Federal – CEF.

Enfim, como cada banco possui um código único identificador você precisará conhecer o código do seu banco para utilizar diversos serviços.

Dentre os serviços mais usuais temos as transferências eletrônicas DOC TED, além de outras transações entre instituições bancárias diferentes.

Saber o código também ajudará você identificar a origem e autenticidade de boletos bancários.

Isto porque os três primeiros algarismos do código de barras é o código do banco responsável pela emissão daquele boleto.

Geralmente, a informação do código do banco vem no seu talão de cheques, no cartão do banco ou outro documento ou publicação oficial da instituição.

Como vimos, códigos sempre trazem informações importantes. Informe-se!

Este artigo foi útil para você? Deixe seu comentário e compartilhe nas suas redes sociais.

E, cadastre-se em nosso blog para receber gratuitamente conteúdos e atualizações.

simonegoncalves
contato@simonegoncalves.com.br

Comentários